Dúvidas sobre os serviços RemodeLar?

Consulte as Perguntas mais frequentes! Caso reste alguma dúvida, entre em contato com a RemodeLar.

 

 

PERGUNTAS FREQUENTES

Como a RemodeLar trabalha?

A gente trabalha com planejamentos de reformas de cômodos do seu lar, como sala, cozinha, banheiro e outros. Você pode escolher reformar quantos cômodos quiser. Para isso, basta preencher este formulário informando as necessidades do ambiente que quer modificar. Em seguida, a gente entra em contato e agenda melhores dia e horário para realizar uma consultoria com um arquiteto. Nossos arquitetos conversarão sobre as melhores soluções para seu problema.

Se você nunca contratou um arquiteto antes, nosso escritório é pra você! Nosso principal objetivo é popularizar o acesso aos serviços de arquitetura e fazemos isso por meio de uma política de preços mais acessível. 🙂

Para adquirir nossos serviços, basta contar um resumo de suas necessidades neste formulário. É rápido e fácil de responder! Após recebermos sua solicitação, entraremos em contato o mais brevemente possível.

Na Consulta Técnica da RemodeLar, nada impede que nosso arquiteto também oriente soluções para pequenos reparos localizados em outros cômodos da casa para além do ambiente principal.

A RemodeLar estabelece o prazo mínimo de dois dias úteis e máximo de uma semana, a partir da data de contratação, para entregar o pacote básico (e o mais pedido) do serviço Projeto da Reforma, que entrega uma imagem 3D do cômodo, uma planta baixa humanizada, uma reunião com um arquiteto e uma lista com os materiais necessários para tirar a obra do papel.

Sim! Nossos arquitetos ficam à sua disposição durante todo o período em que a RemodeLar elabora o projeto da sua reforma. É que a gente acredita e trabalha com a ideia de projeto participativo, trazendo ao máximo o cliente para o processo de elaboração de nossos serviços.

Todos os nossos serviços foram pensados para que você consiga adquirir cada um deles e transformar o seu lar por um preço acessível ao público popular e com garantia de qualidade!

O preço varia de acordo com a modalidade dos serviços. O código de ética do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) não permite a divulgação de preços sem que seja solicitado. Mas basta deixar uma mensagem no chat ou entrar em contato via WhatsApp que responderemos prontamente!

A gente aceita pagamentos parcelados para os projetos. O pagamento pode ser feito via cartão por débito ou crédito com acréscimo de juros, via boleto bancário ou em espécie, nas situações em que nossos arquitetos visitam presencialmente seu Lar.

Não. A RemodeLar trabalha com todo o planejamento e gerenciamento da reforma, mas viabiliza que a etapa executiva seja uma experiência positiva para os clientes. Caso deseje, entregamos o projeto executivo, documento técnico que orienta os pedreiros e demais profissionais a fazer exatamente o que instruído pelo arquiteto. E caso você more em Fortaleza e região nós indicamos o contato de profissionais qualificados e de confiança para executar a obra, como pedreiros, pintores, bombeiros hidráulicos, eletricistas e outros, que estão inscritos em nosso banco de dados atualizado.

Sim! Contratando o Projeto da Reforma, você tem uma previsão muito próxima do cômodo após reformado.

Não. No serviço de consulta técnica, nossos arquitetos conseguem identificar problemas da ordem estrutural, mas indicamos engenheiros para resolvê-los.

Um projeto de arquitetura é a representação técnica da criatividade do arquiteto. É o plano da sua reforma, mas em sua parte escrita. Por meio dele, é possível prever como o cômodo ficará antes mesmo da obra acontecer. Ele reúne plantas, cortes, detalhamento de instalações hidráulicas e elétricas, entre outras especificações que garantem que a reforma saia exatamente como planejada pelo arquiteto e por você.

Não. A planta baixa e o memorial descritivo do imóvel, bem como a assinatura do RRT (Registro de Responsabilidade Técnica) pelo arquiteto, são documentos imprescindíveis ao processo de usocapião, que é o direito de posse que alguém tem sobre um imóvel ou terreno. Sem esses documentos, não se consegue a escritura da casa. Mas esse processo também envolve conhecimentos da área jurídica que fogem da competência do arquiteto, sendo necessário contratar um advogado. As Defensorias Públicas municipais oferecem gratuitamente o serviço desses profissionais.